Relacionamentos, sketches e Champs-Élysées

Relacionamentos. Já faz um tempo que venho pensando em escrever pra minha namorada. É aquela ali mesmo passando na rua, com a camisa dos Beatles rasgada, sem maquiagem, vans no pé, cabelo preso de forma desleixada, com todo seu intelecto voltado para um único pensamento: o sabor da pizza que vai pedir quando chegar em casa pra comer enquanto assiste Friends (esteriótipos que me perdoem). Aquela lá que sabe muito bem o que quer da vida, é o que dizem. Na faculdade, ainda não entrou e não faz a mínima ideia do curso que se encaixa, se queixa sobre trabalhar dentro de uma sala minúscula, talvez prefira o conforto de casa, talvez não. Alterna pensamentos entre morar na pacata vida do interior ou na agonizante/excitante vida da cidade grande (encaixe sua referência). Diz que o que quer mesmo é ser feliz, diz que é feliz. Quer viajar o mundo, quer conhecer os tipos de cultura mais exóticos, quer acampar no quintal de casa nesse final de semana, e no próximo, no Camboja. Ouvi dizer que sonha em fazer um mochilão pela Europa, mas tirar uma foto ao lado da Torre Eiffel não está dentro de suas prioridades. Diz que prefere uma foto com aquele hippie maluco do hostel que conta histórias inimagináveis sobre o Woodstock e toda a Geração Beats. “Jack Kerouac é só a ponta do iceberg, mocinha”, diz ele enquanto bate carne na cozinha comunitária. Talvez coma o famoso brownie dos coffeeshops deAmsterdã, ou dê uma passada no Marrocos pra andar de camelo. Dizem que a experiência é incrível (e desconfortável, imagino). Ela acabou a oitava temporada de friends e não quer começar uma nova. Pizza requentada será o cardápio do café-da-manhã, e ela mal pode esperar por isso. Coloca Chopin Nocturne n° 2 pra tocar, pois essa tem sido sua música preferida nos últimos tempos, diz que gosta da calma que a mesma proporciona. Pega “A Culpa É das Estrelas” pra continuar a ler de onde parou na semana passada. Dizem que o contraste realça seu charme. Não discordo. Dormiu e acordou. Olhou no espelho e se sentiu satisfeita, por um momento. Levou o cachorro para passear, o qual balançava o rabo intensamente, sem grandes motivos evidentes. Pensou na pizza na geladeira, pensou no seriado que assistiu, na viagem pra Europa, na vida, riu; e depois pensou no que iria comer no almoço. Percebeu que seus cadarços estavam desamarrados. Lembrou de um pequeno detalhe que esqueceu de evidenciar num sketch que tem trabalhado, por hobby. Depois de alguns finais, estava pronto. Assistiu mais alguns episódios de Friends. Comeu o resto da pizza do dia passado. Finalmente amarrou o cadarço. Apenas de um pé, porque acha a vida curta demais. Decidiu que o café novo que abriu no centro da cidade era o lugar perfeito pra começar aquele livro que ganhou. Achou que o título “Assim Falou Zaratustra a fazia culta e bem informada, mas não entendia se quer um parágrafo sem um dicionário. Pensava também em começar um novo projeto, uma nova vida, ou apenas em pedir um café, aqueles com desenhos feitos na espuma, haja paciência. Ela ama esse tipo de coisa. Estou ansiosíssimo para conhecê-la. Amanhã começo a procurá-la. Ou hoje. Talvez semana que vem seja melhor, não quero parecer desesperado. Lembrei que esqueci de comer. Acho que me envolvi demais com as palavras, ou de menos com a vida. Dizem que esse café novo que abriu lá no centro é bom. Apesar do francês escasso, jambom et fromage sandwich e capuccino me parece uma boa pedida, que seja. Fecho os olhos e estou na Champs-Élysées. Os abro novamente. “Oi, seu cadarço está desamarrado”. “Enchanté”, penso comigo. Sorrisos. Clichês. Relacionamentos.


Processando…
Sucesso! Você está na lista.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s