O importante é ser relevante

Ciao. Mais um domingo, mais um jogo de palavras.

Lidar com idiomas tem sido algo muito presente na minha vida nos últimos anos, e isso escalou nos últimos meses.
Acho relevante (olha aí) ressaltar que alcancei um glorioso 2,5 de 10 em inglês quando fiz o vestibular da UNICAMP, porque o julgava desnecessário em um curso voltado para derivadas e integrais. A vida é engraçada.

A primeira vez que eu consegui manter uma conversação em inglês acabou mudando minha perspectiva. E só para colocá-los em contexto, essa conversa aconteceu com uma psicóloga nos Estados Unidos, justamente porque (pasmem) eu me sentia angustiado por não conseguir me expressar, e portanto, me conectar.

Não precisamos ir muito longe pra identificar relacionamentos interessantíssimos entre línguas.
Usar 3 das 5 línguas românticas provenientes do latim já é o suficiente pra me divertir.

“Pronto”, que em italiano e português significa “pronto”, em espanhol significa “em breve.” Parece bobo, mas tente explicar “já já” pra um falante não nativo de português.
Engraçado” em português, é “gracioso” em espanhol e “divertente” em italiano. Nem pense em falar pra uma italiana que ela é “engraçada”, porque pode parecer “ingrassata” e você vai arrumar um problemão pra cabeça.

Pegando emprestada uma língua germânica, mais curioso ainda é perceber as conjugações do passato prossimo do italiano e do perfekt do alemão levam a mesma regra de exceção para verbos que indicam movimento. 
Eu ainda separo um tempo pra descer mais a fundo na origem desse cruzamento entre duas línguas com raízes significativamente distintas.

Bom, acho que isso já é o suficiente pra espantar os desinteressados no assunto. Ainda dá tempo de falar que “ciao” em italiano quer dizer “oi” e “tchau” ao mesmo tempo?

Calábria, Itália

Segundo a rede mundial de computadores:

Importância: caracteriza tudo aquilo que tem grande valor.
A palavra tem origem do latim importans, de importare, que significa “ser significante em”.

Relevância: é uma característica atribuída a tudo aquilo que seja de fundamental importância para algo.
A palavra vem do Latim relevans, “o que retira alguém de um problema”, de relevare, “aliviar, elevar”, formado por re-, prefixo intensificativo, mais levare, “levantar, aliviar”, de levis, “leve, de pouco peso”.
O sentido atual, de “pertinente ao assunto discutido” se instalou pela metade do século XVI.

É por essas e outras que adoro etimologia. Por mais que a palavra “relevância” possua esse sentido atualmente, a sua etimologia a torna passível de interpretação para o argumento que quero trazer.

Ando colocando bastante tempo e análise em pontos importantes e relevantes da minha vida, e na forma como a tenho vivido.
Eu tento definir importância como coisas de valor intrínseco, fundamentais para mim, e relevância como coisas que rodeiam, que possuem valor relacionado.

Enquanto minha família, relacionamentos, clareza mental e saúde física são de extrema importância para mim, eu acredito que coisas relevantes, como a natureza do meu trabalho, trazem uma ideia de conexão, de relacionamentos entre ações e decisões que me ajudam a priorizar o que de fato é importante.

Voltando ao assunto dos idiomas, eles ficaram ainda mais relevantes em junho, quando comecei a fazer parte dessa equipe espetacular que é responsável pelo Inglês Nu e Cru e pelo Carioca Connection.
Trabalhar com eles me permite não depender de um local específico de trabalho, e isso é crucial para minha clareza mental, por exemplo.

O Inglês Nu e Cru é um podcast em inglês voltado para brasileiros que querem melhorar o inglês.
O Carioca Connection funciona de forma similar e ajuda os gringos a aprenderem o português.

Eu tive o prazer enorme de participar de 3 episódios do Carioca Connection, onde eu bati um papo com a Alexia sobre sotaques, viagens e a diferença entre a vida de cidade grande e do interior.

Resumindo, eu acredito que buscar fazer coisas relevantes, ou até mesmo ver relevância nas coisas que eu faço (porque a vida não é um arco-íris), tem sido um dos principais pontos ao tentar buscar uma vida mais interessante, e antes de qualquer coisa, mais importante pra mim.

Um beijo pra minha mãe e pro meu pai que me aplaudem até em um teatro vazio. Amo vocês.


Processando…
Sucesso! Você está na lista.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s